Como criar o hábito de estudar

Olá pessoas, uma das coisas que mais facilitam a vida de um estudante é desenvolver o hábito de estudo. Até o final da leitura você vai aprender porque o hábito de estudar é importante e como desenvolvê-lo.

Antes da gente conversar sobre a criação de um hábito de estudo, vamos desconstruir frase e entender o que é um hábito.

O que é um hábito?

Muitas pessoas confundem hábito com rotina, porém eles não são exatamente a mesma coisa. Hábito é uma ação que a pessoa aprende e repete frequentemente determinado exercicio, execução, tarefa, manías e etc, tudo isso sem pensar em como deve executar, é isso que chamamos de hábito.

Quando você o executa, um hábito diversas vezes ele passa a ocorrer de maneira automática.

Por que isso é importante? Essa é fácil, porque é justamente o que você jovem padawan vai usar para conseguir estudar com mais eficácia.

Imagine nosso cérebro como uma pessoa no sofá, tentando pegar o controle da televisão com o pé na mesinha de centro na sala, preguiçoso não é mesmo? A massa cinzenta está sempre tentando procurar atalhos para executar tarefas mais simples e que exijam menos esforço.

Resumindo, nosso cérebro tenta transformar todas as nossas ROTINAS em HÁBITO para que ele se torne mais eficiente (não vá achando que pegar o controle com o pé te torne mais eficiente seu preguiçoso 🙂 ).

Rotinas podem se tornar hábitos, mas fique atento, existem hábitos bons e ruins!

Bons hábitos são aqueles que tornam sua vidinha de merda (brincadeira tá) mais produtiva ou saudável sem causar danos a você, por exemplo, o hábito de estudar todos os dias ou de fazer aquele treino monstro;

Maus Hábitos são aqueles que te prejudicam e te mata pouco a pouco, por exemplo, o hábito de ficar 300 horas por dia nas redes sociais ou vagabundeando na surface.

Vamos parar de mimimi e não iremos perder o foco no assunto.

Desenvolver um hábito de estudo é importante?

Se você não achasse importante não estaria lendo esse artigo que a Ranklands preparou pra você, né não?

Pra falar sobre isso vou me usar como cobaia, sou programador fullstack e amo musculação. Para os programadores que descobriram o segredo de ser um bom programador sabe que o hábito de estudar/programar é o único caminho para nós, pois esse ramo é cruel, ou você estuda ou fica pra trás.

Para os marombas de plantão, vocês sabem que a constância, rotina de um bom treino e dieta também é a única saida para um bom desenvolvimento corporal.

No inicio tudo é rotina, nós estudamos, treinamos e incluimos isso nas nossas rotinas, pra transformar em hábito é só com o tempo e esforço suficientes para que o cérebro identifique que essas tarefas são executadas rotineiramente e precisam ser “otimizadas” (preguiçoso).

No inicio é tortura, depois vira hábito, vocês chegam ao ponto em que eu estou! Se eu não estudo/programo pelo menos um pouco durante a noite eu me sinto incompleto. E o mesmo a musculação se eu deixo de ir um dia é o mesmo sentimento de que “algo faltou no meu dia”.

O cérebro já foi hábituado a passar por esse tipo de tarefa e ele está pronto para executar as tarefas, agora cuidado se o hábito deixar de existir sua caixola se acostuma a isso e perde toda a esperança de que essas tarefas serão executadas novamente.

A maneira mais simples para estudar todos os dias é desenvolvendo um hábito de estudos.

Nós já vimos que hábitos são maneiras do cérebro se tornar mais eficiente. Ele alivia a preocupação de ter que pensar em todas as ações para deixar a mente livre para fluir e raciocinar.

Não é atoa que ele é considerado a máquina mais foda do mundo, só cuidar dele certinho.

A eficiência da nossa queria caixola é sentida todas as vezes que você começa uma sessão de estudos. Sua memória fica mais afiada, seu raciocínio mais ágil. Pode algumas vezes sentir que é capaz de tudo! Seu auge é agora, você pode voar.

Você não fica preso horas sobre um tema de estudos, pois as informações em seu cérebro são sempre trabalhadas, facilitando muito mais seu aprendizado.

Como desenvolver o hábito de estudos?

Um hábito de estudo eficaz possui três estágios, a deixa, a rotina e a recompensa. Vou resumir para que você entenda cada um acalme sua ansiedade:

  1. Deixa: É algum tipo de estimulo que faz com que seu cérebro entre no automático. É a deixa também quem define qual o tipo de hábito deve ser usado.
  2. Rotina: É a ação que você executa repetidamente. Esta ação pode ser física, mental ou emocional.
  3. Recompensa: É o que ajuda seu cérebro definir se um hábito deve ser memorizado ou não.

Sim, além do cérebro ser preguiço ele ainda é interesseiro, ele lembra das recompensas que vai ganhar após fazer a rotina.

Todos os hábitos possuem esses 3 estágios, por exemplo, uma pessoa que tem o hábito de passar horas no instagram. Para essa pessoa um simples som emitido pelo celular ou computador é sua deixa. Sua rotina é passar horas navegando e a recompensa é a sensação de prazer ao acessar álbuns de fotos, comentar postagens, ou simplesmente um alívio por deixar as preocupações de lado. Sinceramente pessoas assim está a um fio de usar crack ou drogas mais pesadas (brincadeira senhoras e senhores).

Há ainda mais um estágio que complementa todos, mas quero falar dele mais para frente, não ouse apertar minha mente atente-se somente a esses três por enquanto.

Eu tenho um próprio método que utilizo para criar meus hábitos. Através desse método desenvolvi o hábito de treinar meu corpinho todos os dias, estudar, me alimentar melhor e inclusive dormir melhor.

Vou explicar detalhadamente e com toda a paciência do mundo cada passo para que você consiga criar seu próprio hábito.

1° Passo: Identificando a Rotina

Uma rotina perfeita é quase como um ritual macabro, você executa tudo corretamente todos o santo dia. Pessoas que não gostam de rotina podem achar que isso é um problema, mas não é. Rotina é mágia.

Primeiro você precisa identificar como está sua rotina? Como estão seus horários e atividades todos os dias.

Se você dorme o dia todo, ver tv ou fica na net jogando o tempo inteiro você está excluido da lista, vá criar uma rotina que preste e volte a ler o artigo a partir daqui, haha, brincadeira pode continuar lendo.

Para facilitar seu trabalho escreva em uma folha todos os dias da semana e seus horários. Você não precisa detalhar muito a respeito do seu dia, isso é só para você ter uma ideia de quais os horários você está livre e a quantidade, veja a imagem do meu:

Foto de exemplo da minha rotina

Lembre-se isso não é um plano de estudo, é apenas um esboço pra você começar a entendercomo se organizar.

A letra não é uma das melhores mas o objetivo é mostrar que ébom você ter um mapa mental das coisas que você tem pra fazer. Você deve ter percebido os horários já definidos para tudo que eu irei fazer, e sempe com uma margem de preparação ou imprevistos.

No caso de estudo é sempre bom ter um local definido, seu cérebro vai se programar e se adaptar aquele ambinte de estudo, resumindo você um templo mental em um lugar para estudo, no meu caso é o meu quarto ou no trabalho.

Onde você está quando tem seus horários livres? Está em um local apropriado para os estudos?

Voltando ao meu exemplo, todos os dias livres eu não estou em casa, mas estou um local que me propicia a tranquilidade necessária para estudar.

Se você não estiver em um local ideal para estudar como sua casa ou local silencioso então você deverá ver um horário que bata com um local tranquilo para estudar, procure outro horário ou tente estar em um local adequado.

Os passos desse artigo podem ser efetuados gradativamente jovens leitores.

Vou tomar como verdade que você já tem definido seu horário e seu local de estudos, tudo certo para você desenvolver seu hábito de estudos “foderoso” (foda com poderoso para os leigos). Agora chegou o momento de definir quanto tempo de estudo.

2° Passo: Comece estudando devagar e progrida com o tempo.

Começar devagar é o segredo do negócio, não adianta você querer se apressar. Começar um hábito exige tempo, e para isso é preciso paciência.

Você não vai carregar 50kg na acadêmia da noite pro dia, ou fazer treinos longos. Como a limitação é física, é bem mais simples, mas estudar é um hábito principalmente mental e muita gente acha que já pode sair estudando mil horas por dia.

Você precisa estudar todos os dias para conseguir manter o hábito de estudar, por isso minha recomendação é que você comece com uma sessão de estudos de apenas 20 a 25 minutos. Vá aumentando 10 minutos de estudo por dia. Mas isso você pode definir.

Seguindo essa rotina até o final do mês você estará estudando 5 horas por dia. No início você começara com leituras leves e apenas uma matéria de estudo, mas até o final do mês você já estará seguindo um cronograma de 5 Matérias por dia.

Você deve começar com pouco para que seu cérebro e organismo se acostumem com a estudar. Essa é a melhor forma de você começar a estudar e desenvolver um hábito de estudo sólido feito rocha.

3° Passo: Definindo a sua deixa

Uma deixa acontece logo no primeiro horário, quando você para de babar no travesseiro e acorda pra vida. A primeira coisa que você faz durante o dia além de pensar em dormir de novo, é a sua deixa, ela já informa seu cérebro as coisas que poderão acontecer e de que maneira ele deverá lidar com elas, o seu hábito.

Você deve manter as mesmas ações todos os dias, para que seu cérebro identifique seu hábito. 

Dois exercícios são essenciais para que você crie um hábito de estudos perfeito, eles devem ser executados antes de dormir e na hora de acordar.

Fazer antes de dormir e ao acordar é importante, pois é o momento em que seu cérebro está trabalhando com ondas capazes de influenciar seu inconsciente. Uma vez que você tenha o inconsciente a seu favor, as coisas ficarão ainda mais fáceis.

Exercício antes de dormir

Todas as noites antes de dormir pense em seus objetivos. O porquê de você estar se dedicando nos estudos. Para fazer isso você deve ter seus objetivos definidos.

Quando pensar em seus objetivos visualize onde você quer estar, sinta como será sua vida ao completar esse objetivo. Faça isso todas as noites pouco antes de dormir. É realmente muito inspirador, porém tome cuidado com a ansiedade.

Exercício após acordar

Todos os dias a primeira coisa que você vai fazer ao acordar é pensar sobre o motivo de você estar levantando naquela manhã. Você brevemente irá mentalizar seu objetivo e visualizar seu dia de estudos, se possível repita em voz alta ao acordar:

E na mesma hora lembre-se do seu horário de estudos e que você estará pronto para estudar e excitado por estar seguindo seu sonho.

Sua deixa antes de começar a estudar

Logo antes de começar seus estudos de merda você irá fazer uma ação que seja capaz de informar a seu cérebro para o hábito entrar em ação. É obvio que ele já está alerta desde o dia anterior quando você fez a visualização antes de dormir. Mas essa atividade diária é o que irá disparar seu hábito de estudo.

O cérebro pode ser preguiçoso e interesseiro mas ele é como um soldado leal se você tratar ele bem.

Sua deixa deve ser executada todos os dias conforme expliquei, antes de dormir, ao acordar e pouco antes de começar a estudar. Fazendo isso você vai reforçar o hábito de estudar.

4° Passo: Definindo sua recompensa

Você vai definir o estímulo que ligará toda a sua rotina. Uma recompensa é o que faz o hábito ser o que é. O cérebro identifica como hábito tudo o que ele considera como recompensa, o problema é que ele pode considerar tanto uma dose de nicotina quanto uma de açúcar, só que nós sabemos que ambas possuem efeitos bem diferentes em um organismo.

O que você vai fazer é manipular sua própria recompensa, de forma que seu cérebro acredite ser um hábito que vale a pena ser guardado e entrar em ação todos os dias. Você decidirá que recompensa irá receber logo após seus estudos. Resumindo, você vai enganar o coitado e manipular ele.

Eu geralmente não tenho uma regra para recompensas, tudo o que você considera bom para você pode ser usado, desde um bolo de chocolate até uma sessão de filmes. Você precisa apenas decidir o que você mais gosta de fazer, comer, assistir ou sentir?

Ao aproveitar sua recompensa desfrute ao máximo, sinta a alegria e felicidade de terminar sua meta diária e fique tranquilo. Quanto mais emocional for sua recompensa, melhor se fixará seu hábito.

Porque tudo isso funciona?

Logo acima mencionei que além dos 3 estágio que regem um hábito, há também mais um, esse estágio é o anseio. É ele quem une seu hábito e faz com que você execute essas atividades todos os dias.

Para definir de maneira simples o anseio funciona como uma antecipação. Ao acordar todas as manhãs e realizar o exercício de visualização você já começara a ansiar pela sua recompensa no final do dia, ou seja, estará alerta e inconscientemente aguardando pela sua sessão de estudos que começará mais tarde.

Por isso é muito importante que você mantenha esse ritual  macabro ininterruptamente pelos próximos dias, até que seu cérebro seja enganado com tudo isso e aprenda que deverá ser seguido, com o tempo o anseio tomará conta para que você execute tudo sem falha.

E se eu falhar? Pode ser que em algum dia do mês você não consiga executar sua rotina, não se culpe por isso, existem dias que são difíceis por inúmeras questões, apenas não aumente os 10 minutos do dia seguinte e continue seguindo em frente, é só aumentar um dia a mais no final de sua rotina.

Mas lembre-se de que estudar é sua prioridade, então nada vem antes, a menos que seja uma emergência real, e uma noite no bar com a galera não é uma emergência.

Tenha disciplina soldado.

Com isso você terá criado seu hábito de estudo. Ao final do 60° dia seu organismo sentirá vontade de estudar no mesmo horário que você estabeleceu.

Concluindo

A nossa vida é regulada pelos hábitos, são poucas pessoas que a cada dia tem uma rotina diferente, por isso usar a força desses hábitos é ótimo para aumentar seu desempenho como estudante, empregado, empresario ou seja lá o que for.

Se você aplicar tudo corretamente, estará preparado. Não será aquele tipo de pessoa que fica sempre desesperado quando sai uma informação alarmante que você não esteja preparado ou tem que fazer uma prova. A melhor maneira de obter sucesso é estar sempre preparado.

Aplique a partir de amanhã os passos que você aprendeu aqui, não perca tempo. Não espere começar a semana ou o próximo mês infeliz.

O cérebro não conhece Segundas-feiras.

Comece logo, quanto antes você começar, mais rápido formará seu hábito de estudos.

Atenciosamente, Samir.